“Eu sempre senti que o mais importante é encontrar uma maneira de escapar da estrutura ou consciência estética com a qual estou oprimido.” – Arata Isozaki

Nascido em 23 de julho de 1931, Arata Isozaki, aos 87 anos, é formado na Universidade de Tóquio e discípulo de Kenzo Tange, seus designs mais famosos incluem Museu de Arte Contemporânea em Los Angeles, um arranha-céu em Milão e a vila olímpica em Barcelona.

Em 2019, todo seu trabalho foi reconhecido: recebeu a maior honra de seu segmento, o prêmio Pritzker 2019, conhecido popularmente como o Nobel de arquitetura. Segundo a banca de jurados, seus prédios estão constantemente evoluindo, sempre com um ângulo fresco.

Confira abaixo, algumas das obras do considerado um visionário arquitetônico por sua abordagem transnacional e destemidamente futurista ao projeto. Com mais de 100 obras construídas, Isozaki também é incrivelmente prolífico e influente entre seus contemporâneos. Ele é o 49º arquiteto e oitavo arquiteto japonês a receber a honra.

Abaixo, veremos a Vila Olímpica de Barcelona, o Museu de Arte Contemporânea de LA, o primeiro capitólio do Japão – Nara Centennial Hall, o Shenzhen Cultural Center, na China, e Allianz Tower em Milão.